bootstrap templates





O prazer de estar completamente vivo

por Erika Martorelli Terapeuta Holística

Ainda hoje é pouco conhecido o fato de que nosso corpo expressa a nossa personalidade, além de dizer quem somos e quais as emoções que nos dominam, se gozamos a vida ou não, se somos tristes, deprimidos ou doentes.
Isso acontece porque não temos a percepção real do corpo e nos iludimos com uma imagem que não relaciona a realidade da nossa própria existência. 
A verdade sobre o nosso corpo pode ser dolorosa, mas evitar essa a dor fecha a porta também para o prazer. 
Quando procurar terapia? 
As pessoas buscam a terapia quando não estão desfrutando a vida e isso acontece porque não sabem que a capacidade de sentir prazer está bloqueada, ficando diminuída ou até inexistente. Quando digo PRAZER, refiro-me ao prazer da vida, na vida e pela vida, prazer em todos os aspectos.
Os sintomas que aparecem no corpo
Conflitos emocionais causam tensões musculares. Conflitos psicológicos geram problemas físicos e sintomas. Isso quer dizer que se uma pessoa está triste, deprimida, com medo, com raiva, insatisfeita, de alguma forma isso reflete no corpo, através de tensão muscular, dor, sintoma ou doença. Quanto mais tensões e conflitos, mas o corpo sente, e quanto mais tempo persistir, mais crônico se torna o problema. Resolver os problemas libera e alivia as tensões.  
Então, o que fazer? Como?
Estar vivo é respirar e quanto melhor a respiração, mais vida há dentro de nós. A mudança real no pensamento, no comportamento e no modo de sentir, só acontece quando há uma mudança no funcionamento do corpo. 

Respiração = Movimento = VIDA

Nosso corpo está cheio de tensões musculares “inconscientes”, as chamadas tensões crônicas. Esse é o resultado de uma vida inteira de tensões repetidas que acabam sendo “removidas” da consciência; conseguimos perder totalmente a percepção. A respiração e o movimento determinam o nosso SENTIR. Evitar a dor significa diminuir a RESPIRAÇÃO e diminuir o MOVIMENTO do corpo, ou seja, limita a auto-expressão, limita a vida. A maneira mais efetiva de não sentir é segurar, prender a respiração. Tudo bem quando for para não sentir dor... o grande problema é que o processo limita também a nossa capacidade de sentir prazer. Fortes emoções estimulam e aprofundam a respiração. e estimular e aprofundar a respiração também pode evocar fortes emoções. As emoções muitas vezes estão ligadas à nossa dor. Porém é o contato com essa dor que faz com que a nossa história possa ser reescrita. Somente dessa forma é possível nos libertar e ver a vida de outra maneira.
“O homem constrói paredes entre ele e o mundo a sua volta. Ao mesmo tempo em que as paredes o protegem, também o isolam” (Alexander Lowen

Tags: dor, prazer, sofrimento, bloqueio, respiração, movimento, vida, emoções, sentir, tensões, sintomas, terapia.

Mobirise

Eu, líder da minha vida

Participar do Leader Training foi uma experiência única. A proposta da vivência é... LEIA MAIS

Mobirise

Criando nossos filhos

A falta de experiência e de um “manual de instruções” faz com que a criação de... LEIA MAIS

Mobirise

O sofrimento que nos causa dor

Seria bom se todas as nossas experiências fossem agradáveis e felizes. Porém, as... LEIA MAIS

Espaço Mercúrio

Rua Botucatu, 454
V. Clementino - São Paulo - SP
Tel: (11) 5908-0091 

Zyon Cursos e Terapias

Rua Quararibeia, 312
Vila Isa - São Paulo - SP

Contato

[email protected]
WhatsApp: (11) 99933-7473
                 Tel: (11) 99594-2894