Psiqweb

 

A chamada Síndrome de Burnout é definida por alguns autores como uma das conseqüências mais marcantes do estresse profissional, e se caracteriza por exaustão emocional, avaliação negativa de si mesmo, depressão e insensibilidade com relação a quase tudo e todos (até como defesa emocional). Enfim, a Síndrome de Burnout repressenta o quadro que poderíamos chamar “de saco cheio” ou “não agüento mais.

 

Orgone Psicologia Clínica

 

Wilhelm Reich utilizou, em 1941, a expressão peste emocional referindo-se a difamações, fofocas e ações negativas que as pessoas podem desenvolver com o intuito de destruir alguém.

por Erika Lins

 

Os principais Mecanismos de Defesa psicológicos descritos são: repressão, negação, racionalização, formação reativa, isolamento, projeção, regressão e sublimação (Anna Freud, 1936; Fenichel, 1945). Todos estes mecanismos podem ser encontrados em indivíduos saudáveis, e sua presença excessiva é, via de regra, indicação de possíveis sintomas neuróticos.

por Erika Lins

 

Substituir nossos anseios interiores por modelos exteriores é a tentativa mais comum de nos adaptarmos àquilo que acreditamos ser o mais adequado. Hoje, com informações que chegam em tempo real, a necessidade de fazer parte interfere diretamente em nossa auto avaliação. Estereótipos modernos que muitas vezes não combinam e não se encaixam com nossa personalidade nos distanciam da nossa essência. Com isso, ficamos cada vez mais infelizes, vivendo uma vida de ilusões e expectativas.

por Erika Lins

 

Seria bom se todas as nossas experiências fossem agradáveis e felizes. Porém, as angústias aparecem por um motivo ou outro, nos causando dor, decepção, tristeza, desmotivação, insatisfação, vazio...

por Erika Lins

 

Apesar de ser tudo aparentemente igual, um dia é diferente do outro. Cada dia acordamos com humor diferente, com disposição diferente e interferências diferentes.

Sentir: respiração e movimento
por Erika Lins

 

É fato que todos nós expressamos a personalidade através da mente. O que poucos sabem é que o corpo também fala da nossa personalidade, além de dizer quem somos e quais as emoções que nos dominam, se gozamos a vida ou não, se somos tristes, deprimidos ou doentes.

por Erika Lins

 

Nosso corpo é um centro catalisador e acumulador de energia que, de forma harmônica, interage com o universo e com todas as formas de vida.

ESPAÇO BOTUCATU

 

T.: (11) 5908.0091

ZYON CURSOS E TERAPIAS

 

T.: (11) 5631.5050


by Ideia na Web - Marketing Digital